Últimas notícias de economia, política, carros, emprego, educação, ciência, saúde, cultura do Brasil e do mundo. Vídeos dos telejornais da TV Globo e da GloboNews.
19 de julho, quinta-feira

Reunião em pé? Empresas adaptam espaços para tornar encontros mais produtivos O alerta se confirma. O Brasil teve 677 casos de sarampo em seis estados até esta semana, e o número de casos em investigação assusta: chegou a 2.724. Nos EUA, termina o prazo para o governo dos EUA prestar contas à Justiça sobre a situação de crianças imigrantes separadas dos pais na fronteira do México. Na Colômbia, o novo Congresso toma posse, pela 1ª vez com integrantes das Farc. Sai o índice de confiança da indústria no mês de julho. E as empresas que estão fazendo reuniões em pé para aumentar a produtividade dos funcionários. Leia hoje no G1. Alerta na saúde Vacina contra sarampo Cristine Rochol / PMPA O Ministério da Saúde atualizou o número de casos de sarampo no Brasil: foram 677 casos até ontem em seis estados: Amazonas, Roraima, Rondônia, São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. O número de casos em investigação assusta: chegou a 2.724. Crianças separadas dos pais Foto de junho mostra abrigo de menores de idade que foram separados de familiares na fronteira com o México Handout / U.S. Customs and Border Protection / via AFP Photo O governo Trump deve apresentar hoje um novo balanço detalhado sobre as crianças imigrantes que foram separadas dos pais, uma semana antes do fim do prazo para concluir a união dessas famílias. Na semana passada, 57 das 103 crianças com menos de 5 anos separadas voltaram para seus responsáveis. Farc no Congresso colombiano Apoiadores do partido Farc no encerramento da campanha para as eleições legislativas em Fusagasuga Felipe Caicedo / Reuters Toma posse hoje o novo Congresso na Colômbia, pela 1ª vez com integrantes das Farc. Estavam em jogo 108 cadeiras do Senado e 172 na Câmara. As Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia se transformaram no partido Força Alternativa Revolucionária do Comum após o acordo de paz assinado com o governo. Pelo acordo ficou estabelecido que 5 cadeiras de cada casa serão para candidatos do Farc. Economia Sai hoje o índice de julho de confiança do empresário industrial, que apresentou em junho o menor nível desde o início de 2018, conforme levantamento da Fundação Getulio Vargas (FGV). O Índice de Confiança da Indústria (ICI) caiu 1 ponto ante maio, para 100,1 pontos. No segundo trimestre, porém, o ICI em 100,7 pontos ficou 0,2 ponto acima do resultado do primeiro trimestre (100,5 pontos). BC divulga a pesquisa "O brasileiro e sua relação com o dinheiro" Reunião em pé? Funcionários da empresa Reclame Aqui passaram a fazer reuniões sem cadeira; tempo dos encontros caiu em torno de 70%. Reclame Aqui/Divulgação Reunião em pé? Empresas adaptam espaços para tornar encontros mais produtivos. Seguindo modelos no exterior, companhias no Brasil têm buscado reduzir o tamanho de salas e abolir o uso de cadeiras para tentar reduzir o tempo das reuniões. Entenda. Promessas Thiago Brado Júnior Suzuki / Prefeitura de Palmas / Divulgação Cantor Thiago Brado participa hoje, a partir das 19 horas, do Promessas. Envie perguntas pelo Twitter com a hashtag #PromessasNoG1. 10 anos anos sem Dercy Dercy Gonçalves Reprodução / Globo News Nos 10 anos sem Dercy Gonçalves, amigo resgata a trajetória da atriz em busca do sonho: 'pegou um trem e fugiu' . Exposição 'Dercy 10' será lançada nesta quinta em Santa Maria Madalena, no RJ, cidade onde ela nasceu e foi enterrada em 2008. Futebol Campeonato Brasileiro 19h30: Cruzeiro x América-MG 19h30: Chapecoense x Bahia 20 horas: Vasco x Fluminense 20 horas: Santos x Palmeiras 21 horas: Atlético-PR x Internacional Veja aqui os resultados de ontem e a classificação Cinema 'Ilha dos Cachorros' é a nova animação do diretor Wes Anderson Divulgação G1 comenta em vídeo: 'Uma quase dupla', 'Ilha dos cachorros' e 'Tio Drew' são os filmes no cinema nesta semana G1 já viu: 'Ilha dos Cachorros' tem visual impecável, mas é um dos piores filmes de Wes Anderson Curtas e Rápidas: Evento em São Paulo comemora os 50 anos do Opala Celso Tavares / G1 G1 jogou: 'The Crew 2' se perde ao tentar fazer coisas demais em jogo de corrida com carros, barcos e aviões Luisa Arraes fala sobre vício de personagem em 'Segundo Sol' 'Festa' de 50 anos do Opala reúne 700 exemplares do modelo em São Paulo Pesquisadores desenvolvem leito inteligente que monitora paciente a quilômetros Hoje é dia de... Dia Nacional da Caridade Dia Nacional da do Compromisso com a Criança, o Adolescente e a Educação
Thu, 19 Jul 2018 04:45:40 -0000
Homem é morto com 15 tiros dentro de casa, na Zona Leste de Manaus

Vítima era monitorada por tornozeleira eletrônica. Crime ocorreu na noite desta quarta-feira (18) Rickardo Marques/G1 AM Um homem de 23 anos foi morto a tiros dentro da residência onde morava no bairro Tancredo Neves, Zona Leste de Manaus. O crime ocorreu na noite desta quarta-feira (18) e, de acordo com a polícia, a vítima era monitorada por tornozeleira eletrônica. A vítima estava sentada no quintal de casa, situada na Rua Violeta, por volta das 21h40. Dois homens chegaram ao local a pé e efetuaram um disparo contra a vítima antes mesmo de invadir a residência. O homem tentou correr para os fundos da casa, mas os criminosos entraram no local e continuaram atirando. Ao todo, a vítima foi atingida por 15 disparos e não resistiu aos ferimentos. Os criminosos fugiram do local e não foram identificados. A polícia informou ainda que o homem era monitorado por uma tornozeleira eletrônica. O corpo foi conduzido ao Instituto Médico Legal (IML) e o caso deve ser investigado.
Thu, 19 Jul 2018 03:49:45 -0000
Fake news: quem faz, quem repassa e quem são as vítimas

O Profissão Repórter investigou as notícias falsas que circulam pela internet. Profissão Repórter investiga notícias falsas na internet Jovens de comunidades do Rio de Janeiro e São Paulo estão coletando notícias falsas, as chamadas fake news, em grupos de família para fazer a checagem das informações e devolver no próprio grupo de WhatsApp. É um projeto da escola de jornalismo Énois, que trabalha com jovens da periferia. A missão é apurar notícias ou propagandas políticas que circulam e editar um material de resposta. Uma das últimas vítimas das notícias falsas foi Bruna Silva, mãe de Marcus Vinícius, de 14 anos, morto a tiros em um dia de operação policial na favela da Maré, no Rio de Janeiro, quando ia para a escola. Notícias falsas na internet associam o nome de Marcus Vinicius ao tráfico de drogas e divulgam montagens com a imagem de um outro menino segurando uma arma. Apesar da dor, a mãe do garoto está lutando por justiça e pela honra do filho: "Eu fico estarrecida com isso aqui. A pessoa ainda posta a foto errada. Eu não tenho paciência quando se trata de fake news. Quem fez isso é um criminoso". Editoria do G1 checa boatos que correm pela internet Os boatos envolvendo Marcus Vinícius estão sendo acompanhados por Evelyn Silva, mesma advogada que pediu a retirada de conteúdo mentiroso contra a vereadora Marielle Franco, morta a tiros em março desse ano. “As pessoas acham que o fato delas compartilharem e estarem protegidas pela liberdade de expressão delas, na verdade se elas compartilham conteúdo que é criminoso, elas estão compactuando, elas também estão cometendo aquele crime”. Política e informações falsas O Profissão Repórter monitorou alguns dos maiores sites do Brasil que publicam notícias falsas sobre política. Um dos casos é o site Imprensa Viva, que tem milhões de acessos todo mês e é administrado por anônimos. Ele está ligado a várias páginas nas redes sociais que repostam as matérias do site para milhares de seguidores. Outros casos investigados foram os dos sites Folha Política.org e Estrela Vermelha, que tem 140 mil acessos mensais e está ligado a outra página, Esquerdão, com 70 mil acessos mensais. Na busca pelas empresas por trás desses sites, os endereços levaram a imóveis com aspecto de abandonado, com as portas sempre fechadas, em uma vizinhança muito desconfiada da atividade dos moradores. As pessoas que saíam dos imóveis não quiseram dar entrevista ou revelar o nome dos funcionários dos sites e se mostraram muito irritadas. A divulgação de informações falsas sobre Marielle Franco fez o Facebook tirar do ar páginas do site Ceticismo Político, administradas por Carlos Afonso. Ele assina as matérias e análises políticas com pseudônimo Luciano Ayan. O site e o pseudônimo foram bloqueados após a publicação de uma notícia que associava a vereadora ao tráfico de drogas. Carlos diz que apenas reproduziu os comentários da desembargadora Marília Castro Neves no Facebook. O texto não explica que a desembargadora não conhecia Marielle, nem que ela se baseou na postagem de uma amiga. O texto, publicado pelo Ceticismo Político, foi compartilhado mais de 360 mil vezes. A desembargadora apagou sua postagem e não quis dar entrevista sobre o assunto. Seguidores falsos Os boatos são muitas vezes propagados com a ajuda de perfis falsos. Isso é alimentado por um comércio virtual. Para fazer a reportagem, o repórter Erik Von Poser comprou 10 mil "amigos" por R$ 250 e foi checar de onde vinham. Alguns eram claramente falsos, outros eram perfis de pessoas reais e de empresas. Alcides Antunes coordena uma grande rede de programação de códigos para conectar pessoas que querem comprar seguidores. Ele diz que vende uma média de 2,5 milhões de seguidores por mês: “Eu trabalho na parte de programação e de revender para grandes revendedores, que vendem para o usuário final”.
Thu, 19 Jul 2018 03:30:44 -0000
População protesta no Icuí em Ananindeua por leito em UTI para moradora do bairro
Senhora de 50 anos teve um AVC e precisaria passar por uma cirurgia, que não pode ser feita na UPA e em nenhum outro hospital do município por falta de especialista. Paciente aguarda pela transferência, em estado grave. Moradores do Icuí-Guajará, em Ananindeua, região metropolitana de Belém, interditaram a principal via do bairro na noite desta quarta-feira (18), em protesto pelo descaso à situação de uma moradora internada em estado grave na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) desde a segunda-feira (16). Francisca Nunes Ribeiro, de 50 anos, teve um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e precisaria passar por uma cirurgia, que não pode ser feita na UPA e em nenhum outro hospital do município por falta de especialista. Desde então a paciente aguarda pela transferência, em estado grave. A demora pra conseguir o leito preocupa a família. "Nada acontece. Só manda esperar, esperar. Tá com mais de 48 horas aí. O médico tá fazendo o possível, mas a gente não é atendido", diz o filho dela, Jailton Ribeiro. "Imagine só, a gente tendo o direito a isso e sendo negligenciado? Nós não podemos ter, e isso revolta, revolta todos", diz o genro Silvino Oliveira. A Prefeitura de Ananindeua disse que já cadastrou a paciente na Central de Leitos do Governo do Estado. O governo informou que está tomando providências para a transferência, só não disse quando isso deve acontecer. "O que que vai acontecer? A minha mãe precisa morrer aí no hospital pra gente poder agora ter saúde nesse município?", questiona a filha Jéssica Ribeiro. Em nota, a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) informou que já está tomando providências para que a paciente seja transferida para um hospital referenciado. Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do G1 Pará no (91) 98814-3326.
Thu, 19 Jul 2018 03:17:39 -0000
Após invasão em banco, cidade do interior do AP sofre com falta de dinheiro em caixas

Principal agência de Pedra Branca do Amapari estava sem condições de atendimento. Reposição de caixas eletrônicos foi feita nesta quarta-feira (18) após reparos no cofre e no sistema de segurança. Agência do Banco do Brasil foi invadida em roubada PM/Divulgação Moradores da sede e de distritos de Pedra Branca do Amapari, a 183 quilômetros de Macapá, estão sofrendo há mais de duas semanas com o desabastecimento de dinheiro na principal agência da cidade. Sem cédulas nos caixas eletrônicos, trabalhadores estariam sem recursos para compras básicas e pagamentos. A falta de dinheiro acontece desde uma invasão de criminosos na agência em 23 de junho, onde dinheiro e armas foram levados. O local, vinculado ao Banco do Brasil (BB), deixou de ser abastecido após danos na estrutura, principalmente no cofre que armazena os valores. Em nota, a Superintendência do BB detalhou que o crime afetou também estruturas do sistema de segurança da agência, que impediam o funcionamento. Apesar dos problemas, o banco informou que o abastecimento foi feito e os serviços retomados nesta quarta-feira (18). A situação complicada na cidade foi descrita pela moradora Ciany Lima através do aplicativo Tô na Rede. Ela relata que a falta de dinheiro foi sentida há mais de 20 dias não só no BB, mas também em outros correspondentes bancários em Pedra Branca do Amapari. "A população sem alternativas. Estamos pagando 10% para comerciantes [para sacar em estabelecimentos], precisamos que as autoridades olhem por nós, é uma precariedade viver nessa situação", lamentou a moradora por meio do aplicativo da Rede Amazônica. A prefeitura da cidade informou que acionou a gerência estadual do BB e que algumas atividades foram afetadas. A administração municipal disse que realiza diversos serviços na agência, como pagamentos, abertura de contas e movimentação de repasses. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
Thu, 19 Jul 2018 02:49:16 -0000
Exposição fotográfica revela flagrantes do trabalho infantil no Amapá

Iniciativa quer provocar a reflexão sobre a temática e reforçar a importância de se combater o crime. Mostra segue até o domingo (22), em um shopping no Centro da capital. Exposição em Macapá mostra flagrantes de crianças em situação de Trabalho Infantil Rita Torrinha/G1 De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), existem cerca de 6,5 mil crianças no Amapá exercendo algum tipo de ocupação, a metade delas em situação de trabalho infantil. Para promover a reflexão sobre a questão, uma mostra fotográfica foi aberta nesta quarta-feira (18) e segue até ao domingo (22), em um shopping na Zona Central de Macapá. Com o tema “Não proteger a criança é condenar o futuro”, a exposição, com 19 fotografias, traz à tona cenas reais captadas por dois fotógrafos preocupados com a situação. As imagens também resultaram de ações de fiscalizações realizadas pelo Ministério do Trabalho em municípios do Amapá. Em vez de um lápis e caderno, um rodo e pano. No lugar da mochila, um cesto com caranguejo. Onde devia ter uma carteira escolar, há uma banca com venda de farinha. As mãos que deveriam estar sujas com tintas, são marcadas por feridas da lida na rua. O técnico em informática Haroldo Costa foi atraído pelas imagens, mas não gostou do que viu. “Despertou uma certa revolta, de ver as nossas crianças, e muitas do Amapá, tendo que se submeter a certos tipos de trabalho, quase que forçados. O certo seria elas estarem estudando. Ajudar a família não vejo como um crime, mas desde que isso não venha causar danos à saúde, à educação e ao bem-estar delas”, expressou Costa. Haroldo Costa diz que as imagens despertaram revolta nele Rita Torrinha/G1 Em todo o Brasil, ainda segundo o IBGE, um total de 1,8 milhão de crianças, de 5 a 17 anos, estão ocupadas. Dessas, mais de 1 milhão estão em situação de trabalho infantil. No Amapá, ações do Ministério do Trabalho apontam que, em 2017, foram feitas 600 abordagens, em 555 delas foi caracterizada a situação de trabalho infantil. O alerta é do auditor-fiscal do Ministério do Trabalho e atual superintendente no estado, Ediraldo Omobono Santa Brígida. Ele explica que o objetivo é educar e informar, para quebrar preconceitos. “Não está em debate a questão artística, mas a expressão de um tema que é vergonhoso para o Brasil. O objetivo fundamental é educativo, pois ainda tem gente que não acredita na existência do trabalho infantil e que defende ser ‘melhor trabalhar do que estar roubando’. Elas não consideram a repercussão negativa que essa situação para a formação do jovem”, disse o superintendente. Ediraldo Omobono Santa Brígida, auditor-fiscal do Ministério do Trabalho e atual superintendente no Amapá Rita Torrinha/G1 Entre as consequências negativas, pontuou Omobono, está a exclusão da escola, doenças física e mental. Uma problemática que é encontrada nas zonas urbanas e rurais das cidades e que deve ser combatida além do poder de polícia. “O Ministério do Trabalho atua em articulação com a Rede de Proteção dos Direitos da Criança e do Adolescente, formada pelos conselhos de direitos, sociais, tutelares, Promotoria da Infância e Juventude, Juizado Especial de Menores, Ministério Público do Trabalho, entre outros. Fazemos também as ações fiscais”, explicou. Omobono reforça que é preciso identificar e acabar com atitudes exploratórias. “Quando a responsabilidade é excessiva e a criança é forçada a trabalhar para gerar renda, isso caracteriza trabalho infantil. Se a criança ou adolescente está se expondo, desenvolvendo uma jornada de oito a 10 horas na rua, está fora da sala de aula, sente fadiga, isso é trabalho infantil. Diferentemente das funções que ela faz em casa, como ajudar a arrumar a casa, a sua cama, dar comida e banho no cachorro”. Onde devia ter uma carteira escolar, há uma banca com venda de farinha; trabalho infantil no Amapá Rita Torrinha/G1 Trabalhos protegidos também são alvos de fiscalizações, como do Jovem Aprendiz – que garante a adolescentes, a partir dos 14 anos, desenvolverem funções em empresas e instituições, com carteira assinada, desde que estejam na escola e que o aprendizado seja adequado, sem desvio de função. Nesse quesito, os jovens Erick Gabriel Pinon e José Luís Costa, de 19 anos e 20 anos, respectivamente, dizem sentir orgulho de poderem trabalhar e ganhar por isso, mas de forma legal. José Luís Costa e Erick Gabriel Pinon trabalham assegurados pelo Programa Jovem Aprendiz Rita Torrinha/G1 “O programa Jovem Aprendiz para mim é a melhor forma de conseguir ter experiência no mercado de trabalho, mas dentro das nossas limitações”, ressaltou Pinon, acadêmico de direito. “Eu recebo incentivo de R$ 400 e ajuda muito nos meus estudos e para eu comprar coisas pessoais”, considerou Costa, concluinte do ensino médio na rede pública de ensino. A exposição, que mostra crianças fotografadas durante flagra em trabalho infantil, e que descortinam formas de exploração ilegal da mão de obra de crianças e adolescentes, pode ser vista até o domingo. Serviço Exposição “Não proteger a criança é condenar o futuro” Data: até domingo (22) Local: Shopping Macapá (piso L3) Horário: 10h às 22h Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
Thu, 19 Jul 2018 02:44:37 -0000
Traficantes fecham ruas e impedem agentes de continuarem vacinação contra sarampo na Z. Norte de Manaus

Grupo de agentes precisou terminar trabalhos uma hora antes do previsto. Área ficou deserta após traficantes impedirem trabalho de agentes de saúde Reprodução/Rede Amazônica Um grupo de traficantes teria impedido equipes de agentes de saúde de continuarem a vacinação em casas do bairro Jorge Teixeira, Zona Norte de Manaus. O fato ocorreu na noite desta quarta-feira (18). Segundo informações apuradas pela Rede Amazônica, os traficantes fecharam os limites das ruas das Goiabeiras e Carapanauba e não deixaram os agentes de imunização seguirem com a varredura nas residências. O trabalho terminou por volta das 19h, uma hora antes do previsto. "A gente recebeu informação que a equipe precisava voltar um pouco mais cedo do programado justamente por isso porque alguns traficantes da área impediram a equipe de continuar fazendo ação até o horário que a gente estava previsto", disse a enfermeira Flávia Alves da Silva. Não havia policiais no local no momento das ameaças. Em nota, a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) determinou que o caso seja investigado pela Polícia Civil. O prefeito de Manaus, Artur Neto, disse que vai acompanhar as equipes de vacinação nas ruas nesta quinta-feira (19). (*colaborou Caio Fonseca, da Rede Amazônica)
Thu, 19 Jul 2018 02:35:29 -0000
Dupla armada invade festa de aniversário infantil e assalta convidados, em Manaus

Caso ocorreu durante festa de criança de 11 anos, na noite desta quarta-feira (18). Criminosos fugiram. Assaltantes abordaram convidadas que estavam sentadas em mesa perto do portão da garagem Reprodução/Arquivo Pessoal Dois homens armados invadiram a festa de aniversário de uma criança de 11 anos na noite desta quarta-feira (18), no bairro Nova Cidade, Zona Norte de Manaus. A dupla ameaçou e roubos pertences de convidados. Ninguém foi preso. O crime ocorreu por volta de 20h. A festa ocorria na casa da família, situada na Rua Maracaibo. Segundo a tia do aniversariante, que não quis se identificar, duas motos passaram pelo local. Em seguida, uma delas retornou e parou na frente da residência. Os dois ocupantes da motocicleta entraram no local armados e anunciaram o assalto. A cunhada e uma amiga da tia estavam em uma das mesas do evento, próximo ao portão da garagem, e foram abordadas. "Elas estavam sentadas na área. Eles passaram a primeira vez olhando e viram que estava tendo uma festinha. Aí eles pararam e já vieram com a arma aqui na garagem. A minha cunhada disse que ele [assaltante] falou 'fica calada, não grita'", disse a tia do menino. A dupla levou os celulares das duas mulheres e fugiu em seguida. De acordo com a família, o restante dos convidados e o aniversariante estavam dentro da casa e não presenciaram o crime. "Ela [cunhada] disse que entregou o celular porque ele estava armado e podia acontecer algo pior, porque ele estava com a intenção de entrar na casa", relatou a mulher, ao informar que a festa seguiu normalmente após o ocorrido. A tia informou que a Polícia Militar foi acionada ao local. Até a publicação da reportagem, nenhum suspeito do crime havia sido preso.
Thu, 19 Jul 2018 02:34:41 -0000
Traficante de drogas brasileiro é preso em mansão no Paraguai, diz Polícia Federal

Outro brasileiro e um policial paraguaio também foram detidos nesta quarta-feira (18). Brasileiros foram levados até Cidade de Leste, também no Paraguai, para serem entregues à PF Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai/Divulgação Um traficante de drogas brasileiro, de 39 anos, foi preso nesta quarta-feira (18) em uma mansão em Assunção, no Paraguai, de acordo com a Polícia Federal (PF) e a Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai (Senad). Outro brasileiro e um policial paraguaio também foram detidos. O traficante tinha mandados de prisão abertos por tráfico de drogas, tráfico de armas, associação criminosa, sequestro e homicídio, conforme a Senad. Os dois brasileiros foram levados até Cidade de Leste, também no Paraguai, para serem entregues à PF, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná. Conforme a PF, o homem de 39 anos é considerado chefe de uma organização criminosa brasileira no Paraguai e na Bolívia. Na mansão, a Senad diz ter encontrado documentos falsos, veículos e dinheiro. Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.
Thu, 19 Jul 2018 02:30:27 -0000

Coupons from now.gardatrentino.it

50% discount Special 2x1
Guided tour at special price
When: 24/03/2018 - 31/07/2018
10% DISCOUNT
Restaurant and Pizzeria
When: 13/05/2018 - 31/10/2018
10% discount Discount for Lunch
Piccadilly
When: 19/06/2018 - 30/04/2019
- 10% 10% Discount - Restaurant Hotel Sole
10% Discount
When: 16/05/2018 - 31/10/2018
Free tasting Apple Juice
100% apple
When: 26/06/2018 - 31/12/2018
5% DISCOUNT EXTRA VIRGIN OLIVE OIL
5% DISCOUNT
When: 10/05/2017 - 31/12/2018
Free Free Tasting of our Extra Virgin Olive Oils
www.oliocru.it
When: 04/12/2017 - 31/12/2018
-5% on Wednesday morning Happy Wendsday
Wednesday offer
When: 24/05/2018 - 27/10/2018
10% discount Coffee Shop
only 1 coupon for each purchase
When: 01/01/2018 - 31/12/2018
an Espresso coffee Free tasting for
Omkafè
When: 01/01/2018 - 31/12/2018

This page was created in: 2.89 seconds

Copyright 2018 Oscar WiFi

This website or its third-party tools use cookies, which are necessary to its functioning and required to achieve the purposes illustrated in the cookie policy. By closing this banner, scrolling this page, clicking a link or continuing to browse otherwise, you agree to the use of cookies. If you want to know more or withdraw your consent to all or some of the cookies, please refer our Cookie Policy More info